Fotografo: Foto: ilustrativa
...
Sem Legenda

Um homem foi preso sob a acusação de ter estuprado sua própria filha durante dois anos.

A criança, que hoje tem oito anos de idade, seria abusada pelo pai desde os seis anos. A prisão foi efetuada na última sexta-feira, em Sinop.

O delegado titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso (DEDMCI) do município, Ugo Ângelo Reck de Mendonça concedeu coletiva de imprensa nesta segunda-feira (20) apresentando detalhes sobre a prisão.

À imprensa, o delegado disse que a criança foi mandada para viver em um abrigo após os irmãos terem sido estuprados pelo companheiro da mãe.

Contudo, há dois anos a menor foi tirada do abrigo para viver com a guarda do pai.

Depois de ser enviada para o convívio com o pai, a criança passou a ter contato com outro cuidadores que perceberam sinais de que a menor poderia estar sendo abusada.

Informações do portal Só Notícias apontam que a menina chorava quando tinha que voltar para a presença do pai.

Com o passar do tempo, a polícia foi acionada e começou a investigar o caso.

Porém, o homem suspeitou de que pudesse ser preso e por conta disso uma ordem de prisão foi emitida.

“Ele foi interrogado, filmado, alertado do direito ao silêncio e que ele podia colaborar.

Acabou comentando alguns abusos e tentou jogar a responsabilidade na criança, disse que ela o procurava, que se esfregava nele”, disse o delegado à imprensa.

O titular da DEDMCI disse que o inquérito policial deve ser concluído no prazo máximo de até dez dias e que, sob acusação de estupro de vulnerável, o pai pode ser condenado até 15 anos de prisão.

Texto: Gazeta Digital

Colaboração Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Cuiabá e Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br