Fundado aos 12 de janeiro de 1970; Pelo Jorn Narciso Honório Silveira

Cidadão Repórter

(66)984060008
Cuiabá(MT), Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 02:44
16/10/2021 as 20:42 | Por Por G1 MT |
Bombeiros aplicam multa de R$ 2,6 milhões por desmatamento em MT
Trabalho de fiscalização faz parte do Plano de Operações para a Temporada de Incêndios Florestais.
Fotografo: Divulgação
Bombeiros aplicam multa de R$ 2,6 milhões por desmatamento em MT

A 13ª edição da Operação Abafa 2021, realizada pelo Corpo de Bombeiros de Mato Grosso entre os dias 3 e 13 de agosto, resultou na aplicação R$ 2.677.960 em multas. Foram detectadas a destruição da vegetação em sete propriedades nos municípios de Paranatinga, União do Sul, além do distrito de Santiago do Norte.

Os primeiros alertas de destruição foram detectados pelo monitoramento via satélite que apontou, durante julho, vários focos de calor nas áreas florestais.

Com apoio da Polícia Militar, os agentes do CBM estiveram em campo e confirmaram a destruição de 650,88 hectares pelo uso do fogo sem autorização.

A prática é irregular, pois o decreto nº 938/2021 do Governo de Mato Grosso proíbe qualquer atividade de limpeza de pastagem com o uso do fogo nas áreas rurais entre os dias 1º de julho e 30 de outubro de 2021.

No município de União do Sul, as imagens impressionam pelo tamanho da devastação.

No local de vegetação restou apenas um enorme quadrado de cinzas, o que para os bombeiros comprova a destruição com uso de fogo intencional.

Ainda é possível detectar uma enorme área verde, sinais de vegetação viva que os agentes lutam para manter preservadas com os trabalhos de fiscalização.

A aplicação de multas por danos causados à natureza também é competência CBM-MT.

Os ciclos de operações são coordenados pelo Batalhão de Emergências Ambientas (BEA) e contam com apoio da Força Nacional de Segurança, que acompanha os militares no campo durante fiscalização das áreas florestais que foram destruídas para garantir a segurança dos agentes na missão.

As ações permanecem ativas ao longo do ano, com equipes designadas em locais definidos de acordo com a incidência dos alertas mais recentes de queimadas irregulares.

Por G1 MT

Colaborou:  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br    
Site www.brasilintegracao.com.br
feccebook  brasilpolicial@gmail.com
Em breve TVbrasilintegracaoWEB




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil