Fotografo: Foto – Reprodução
...
Atendimentos estão suspensos a partir desta segunda-feira

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá anunciou que a partir desta segunda-feira (31) vai suspender os atendimentos ambulatoriais e hospitalares eletivos.

Em nota, a direção da unidade de saúde alega constantes atrasos de repasses dos recursos da produção hospitalar pela Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá.

“Tal medida se faz necessária devido a impossibilidade de aquisição de insumos básicos e medicamentos para a manutenção das atividades com segurança e eficiência”, diz trecho da nota.

O atendimento só será retomado quando essas pendências serem regularizadas,segundo a publicação. O valor dos atrasos é de aproximadamente R$ 6,9 milhões.

Confira a nota na integra:

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá vem a público informar que, neste momento em que retomaríamos as atividades, em virtude dos constantes atrasos de repasses dos recursos da produção hospitalar pela Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, seremos obrigados a SUSPENDER OS ATENDIMENTOS AMBULATORIAIS E HOSPITALARES ELETIVOS a partir de hoje, dia 31 de agosto de 2020, até que essas pendências sejam regularizadas.

Tal medida se faz necessária devido a impossibilidade de aquisição de insumos básicos e medicamentos para a manutenção das atividades com segurança e eficiência.

Infelizmente os atrasos nos repasses são rotineiros. Neste momento temos em aberto os seguintes valores:

R$ 1.509.966,43 – referente à produção do mês de maio de 2020 (recurso já recebido pela SMS do Ministério da Saúde desde o dia 05 de julho de 2020 e com data máxima para repasse ao HG no dia 20 de julho de 2020);

R$ 3.702.082,04 – referente à produção do mês de junho de 2020 (recebido pela Prefeitura Municipal de Cuiabá do Ministério da Saúde no dia 05 de agosto de 2020 e com data máxima para repasse ao HG no dia 20 de agosto de 2020);

R$ 1.700.000,00 – referente aos incentivos de UTI da SMS desde 01/2019.

Com esse déficit, e considerando o aumento de custo imposto pela pandemia, torna-se impossível a manutenção da retomada dos atendimentos aos usuários do SUS que necessitam dos nossos serviços.

Lamentamos que, neste momento que deveria ser de retomada das atividades normais após um período de funcionamento parcial devido à pandemia, tenhamos que tomar esta medida.

Esperamos que haja uma regularização breve desses repasses pela Prefeitura Municipal de CuiHospitabá para retomarmos os atendimentos.

Fonte: por Da Redação;odocumento

Cooperador  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Cuiabá e Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br