0

Fundado aos 12 de janeiro de 1970; Pelo Jorn Narciso Honório Silveira

Cidadão Repórter

(66)984060008
Cuiabá(MT), Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021 - 07:51
26/11/2020 as 19:38 | Por Midia News | 62
Maria Helena é eleita presidente do TJ; Maria Aparecida será vice
A escolha foi feita na tarde desta quinta-feira (26), em sessão administrativa do Pleno do TJ.
Fotografo: Assessoria
Sem Legenda

A desembargadora Maria Helena Póvoas foi eleita presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso para o biênio 2021/2022. Ela recebeu 15 dos 29 votos

A escolha foi feita na tarde desta quinta-feira (26), em sessão administrativa do Pleno do TJ.

Maria Helena será a segunda mulher a ocupar a presidência do Poder Judiciário mato-grossense. A primeira foi a desembargadora aposentada Shelma Lombardi de Kato no biênio 1991/1993.

Também concorriam ao cargo os desembargadores Luiz Ferreira da Silva (que recebeu 11 votos),  Sebastião Moraes Filho (2) e Juvenal Pereira da Silva (1).

Para o cargo de vice-presidente, o Pleno elegeu a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro com 26 votos.

Ela foi a única que mostrou interesse na vaga. Dois desembargadores votaram em branco e um nulo.

Já para o cargo de corregedor-geral da Justiça, o Pleno escolheu  o desembargador José Zuquim Nogueira com 18 votos. Também concorria ao cargo o desembargador Pedro Sakamoto, que teve 10. Um desembargador votou nulo.

A posse dos eleitos ocorrerá no dia 18 de dezembro de 2020, e a entrada em exercício nos respectivos cargos de direção se dará em 1º de janeiro de 2021.

Currículo - Maria Helena Póvoas

Atual vice-presidente do Tribunal, Maria Helena Póvoas tomou posse no Poder Judiciário mato-grossense em 2005 como a primeira mulher na vaga destinada ao Quinto Constitucional pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso.

Antes, foi a primeira mulher a presidir a Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso (OAB-MT) no biênio de 1993/1995 e triênio 1995/1997.

No TJ, atuou como presidente da Segunda Câmara Cível  e presidente da Primeira Turma das Câmaras Reunidas.

Foi vice presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Estado no biênio 2013/2015 e eleita presidente do TRE para os anos de 2015 a 2017.

De família cuiabana, filha do advogado, historiador, professor e político Lenine de Campos Póvoas, diz que pai a apoiou a cursar Direito, mas era inerente a ela essa vontade. “Sabia que era essa minha vocação”, conta.

Vinha do patriarca o maior incentivo para que ela se inscrevesse em concursos da magistratura, mas ela não o fez. “Não estava pronta e nem madura o suficiente para ingressar na magistratura ao sair da faculdade, apesar dos incentivos do meu pai”, avalia.

Morto em 2003, o pai não viu a filha assumir uma das cadeiras do Poder Judiciário em 2005. “Quando me senti preparada, concorri à vaga pelo Quinto Constitucional e me senti muito honrada por ter sido escolhida pelos meus pares”, revela.

Fonte: midia news

Jornalista:  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br    
Site www.brasilintegracao.com.br
Site brasilpolicial@gmail.com




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil