0

Fundado aos 12 de janeiro de 1970; Pelo Jorn Narciso Honório Silveira

Cidadão Repórter

(66)984060008
Cuiabá(MT), Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020 - 05:14
12/10/2020 as 10:45 | Por Thatiana Melo | 36
Marido enforca e agride mulher após flagrar mensagem em celular
Vítima conseguiu fugir e pedir ajuda
Fotografo: (Ilustrativa)
Sem Legenda

Uma mulher de 32 anos conseguiu fugir na noite deste sábado e pedir ajuda em uma delegacia da cidade de Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande depois de ser agredida pelo marido de 50 anos, que teria flagrado mensagens no celular dela.

A vítima contou na delegacia que está em um relacionamento com o homem há 2 anos, e que por volta das 19 horas deste sábado, o companheiro depois de ver mensagens em seu celular a agrediu com tapas no rosto jogando-a na cama e depois a enforcando-a.

Ele ainda teria quebrado o seu aparelho. A mulher conseguiu fugir e procurar ajuda na delegacia, onde pediu por medidas protetivas. Os policias foram até a casa do autor, que negou as agressões e acabou sendo levado para a delegacia.

Existem dois números para contato de quem sofre violência doméstica e procura por ajuda: 180, que garante o anonimato de quem liga, e o 190. Importante lembrar que a Central de Atendimento à Mulher – 180 -, é um canal de atendimento telefônico, com foco no acolhimento, na orientação e no encaminhamento para os diversos serviços da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em todo o Brasil, mas não serve para emergências.

As ligações para o número 180 podem ser feitas por telefone móvel ou fixo, particular ou público.

O serviço funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive durante os finais de semana e feriados, já que a violência contra a mulher no Brasil é um problema sério no país.

Fonte: Thatiana Melo/midiamax

Cooperador  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil