Fotografo: SAULO ANGELO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
...
Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), durante entrevista coletiva

O Ministério Público Eleitoral (MPE) recomendou ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TER-RJ) que a candidatura à reeleição do prefeito Marcelo Crivella seja impugnada.

O pedido, enviado no último domingo, baseia-se na decisão tomada pelo TRE na última quinta-feira, que tornou Crivella inelegível até 2026.

No entanto, a candidatura só pode ser indeferida depois de todo o trâmite legal, que inclui a apresentação de defesa do prefeito e possível pedido de recurso A decisão só terá efeitos jurídicos a partir da publicação do acórdão.

O prefeito foi condenado por abuso de poder político e por conduta vedada. O motivo foi o uso de veículos oficiais da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (COMLURB) e reunião funcionários da companhia em um evento político na quadra da escola de samba Estácio de Sá para pedir votos para o filho, Marcelo Hodge Crivella, então candidato a deputado federal.

Foram pedidos votos também para Alessandro Costa, que concorria a uma das vagas a deputado estadual. O UOL entrou em contato com a assessoria de imprensa do prefeito, mas ainda não teve retorno.

Fonte: Do UOL, em São Paulo

Cooperador  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Cuiabá e Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br