Fotografo: assessoria
...
Sem Legenda

Em sessão ordinária na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), na manhã de quarta-feira (26), o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) reforçou a necessidade da implantação de uma base aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), no município de Rondonópolis (MT).

Ele apresentou indicação que será encaminhada à Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso e ao comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), coronel Jonildo José de Assis.

“Reiterando essa demanda, desde o ano passado, a gente cobra a implantação do Ciopaer para atender Rondonópolis e região.

A importância desta instituição é devido ao município atender cerca de 20 cidades das regiões sul e sudeste de Mato Grosso.

Talvez a prefeitura municipal [de Rondonópolis] conceda um terreno, pois é necessário um espaço físico amplo que dará o suporte para pouso e decolagem do helicóptero.

Também, uma possível parceria com os governos estadual e federal para comprarmos a aeronave”, sugere o parlamentar.

Comissão

O reforço para essa demanda vem ao encontro da visita feita por Claudinei, como presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Casa de Leis, na última quinta-feira, no 2° Comando Regional do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT), em Rondonópolis.

A oportunidade foi de levantar as principais demandas e necessidades da instituição. Ele foi recepcionado pelo tenente-coronel Fabrício Gomes Costa.

O comandante contou que o comando regional possui uma parceria de mais de 12 anos com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sendo que atende uma média de mil ocorrências por mês.

“Passou da hora de Rondonópolis ter um helicóptero. Conseguiríamos mais fácil se tivermos um Ciopaer aqui. Hoje, o que se fala muito é integração.

O Ciopaer atenderia a segurança pública, a gente colocaria até o Samu junto. Todas as forças de segurança poderiam utilizar o helicóptero.

O bombeiro militar e o Samu fariam o resgate das pessoas”, explica o tenente-coronel Fabrício.

A instituição está interligada ao 3° Batalhão do Corpo de Bombeiros de Rondonópolis, 6ª Companhia Independente (CIBM) de Primavera do Leste, 9ª CIBM de Jaciara, 11ª CIBM de Campo Verde e do Núcleo do Corpo de Bombeiros (NBM) de Alto Araguaia.

Para Claudinei, o Ciopaer tem um relevante papel para o território mato-grossense devido executar um policiamento por meio do aerotransportado.

Ele acrescenta que isso facilita para o êxito no atendimento de ocorrências, principalmente relacionados ao salvamento de vidas, combate ao tráfico de drogas e na recuperação de veículos furtados ou roubados.

Aeromédico – Em maio do ano passado, o parlamentar esteve na sede do Ciopaer, em Várzea Grande (MT), em reunião com os integrantes da instituição e expôs o interesse da consolidação de um convênio ou termo de cooperação técnica com Samu que venha disponibilizar o pronto atendimento na área da saúde para as regiões sul e sudeste do estado, com a implantação do “Aeromédico do Samu”, em Rondonópolis.

“Na época, o coronel PM Juliano Chirolli havia dito que era possível uma parceria e tinha se colocado à disposição para colaborar com o projeto. Uma base do Ciopaer em Rondonópolis.

Quem sabe a gente conseguiria juntar a segurança e saúde pública, com o atendimento do Samu também nas operações policiais”, lembra Claudinei.

Ciopaer – Essa instituição foi criada em 19 de julho de 2006 e está interligada à Sesp de Mato Grosso, com o propósito de realizar operações por meio de aeronaves com atividades desempenhadas pelas polícias militares e civil e corpo de bombeiros. Atualmente, conta com bases aéreas em Várzea Grande e Sorriso.

Fonte: CENÁRIOMT

Cooperador  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Cuiabá e Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br