Fotografo: Foto por: Jana Pessoa
...
Primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, participa de evento em Brasília a convite de Michelle Bolsonaro

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, convidou a primeira-dama da Presidência da República, Michele Bolsonaro, para a inauguração da Delegacia de Cuiabá que funcionará 24 horas por dia para atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e sexual.

A inauguração ocorre na próxima terça-feira (08.09), às 16h.  O plantão está instalado no bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital.

O convite de Virginia a Michele foi feito no final de agosto, durante evento de comemoração ao Dia Nacional do Voluntariado, realizado no Palácio do Planalto, em Brasília.

Também foi convidada a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Ambas as primeiras-damas são reconhecidas pela forte atuação na área social e por liderarem e fomentarem ações em defesa dos mais vulneráveis, especialmente das mulheres.

“Essa foi a primeira bandeira que assumi quando iniciamos a gestão, fiz questão de me envolver pessoalmente em tudo, pois sei que o combate à violência doméstica é algo essencial.

E este Governo está empenhado em garantir os direitos das mulheres. Agradeço ao governador que sempre me apoiou e a todos os que somaram forças conosco”, ressaltou Virginia.

A delegacia

Com envolvimento e atuação direta da primeira-dama, a delegacia 24h é uma das medidas adotadas pela Polícia Civil e Secretaria de Estado de Segurança Pública para ampliar o acolhimento, de forma ininterrupta, a vítimas de violência doméstica em Cuiabá, cidade que concentra o maior índice estatístico de crimes contra esse público vulnerável.

Virginia Mendes encabeçou voluntariamente inúmeras ações para arrecadar recursos, equipar e proporcionar melhorias garantindo um local acolhedor e com a estrutura necessária de atendimento às mulheres, acompanhantes e demais públicos que precisarem do serviço. Por meio de suas ações foram arrecadados mais de R$ 200 mil para investimento na obra.

Serão atendidas no ‘Plantão da Mulher’ ocorrências envolvendo mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, conforme a Lei 11.340/2016 (Maria da Penha), além de vítimas de crimes contra a dignidade sexual conforme a Lei 12.015/2009 e as mudanças trazidas com as leis 3718/2018 e 3772/2018 (importunação sexual e violação da intimidade da mulher).

Também serão realizados procedimentos de prisão em flagrante, além de requerimento de medida protetivas, entre outras providências de urgência necessárias, conforme os casos.

Para o funcionamento do espaço foram necessárias obras de reforma e adequações internas para abrigar o atendimento, com salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, salas de atendimento às vítimas, para as equipes que atuarão no local, além de uma brinquedoteca e playground para crianças. A obra teve um custo estimado de R$ 420 mil.

As equipes que atuarão no Plantão passaram por capacitação e orientações coordenadas pela Polícia Civil sobre fluxo de atendimento a mulheres vítimas de violência, Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente, redes de acolhimento e proteção para as vítimas.

A equipe do plantão será formada por cinco delegadas: Nubya Beatriz Gomes dos Reis, Juliana Rado, Vanessa Cunha Garcez, Lizzia Kelly Ferraro Noya e Jannira Laranjeira e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas, no total de 50 servidores da Polícia Civil.

Em razão das restrições de prevenção à disseminação do coronavírus, o número de participantes no local será limitado.

Todos devem observar as orientações sanitárias quanto ao uso de máscaras faciais de proteção e higienização com álcool.

Fonte: Secom-MT

Cooperador  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Cuiabá e Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br
Site www.brasilintegracao.com.br