Fundado aos 12 de janeiro de 1970; Pelo Jorn Narciso Honório Silveira

Cidadão Repórter

(66)984060008
Cuiabá(MT), Terça-Feira, 28 de Junho de 2022 - 08:53
28/01/2022 as 18:25 | Por Leiagora |
Título eleitoral é exigido para matrícula em Ensino Superior
Apesar da não obrigatoriedade do voto a menores de idade, jovens de 16 anos já podem se alistar e evitar problemas futuros
Fotografo: ilustração
Sem Legenda

Jovens de todo o Brasil aguardam o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será divulgado no dia 11 de fevereiro.

Com a proximidade da data, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) faz um alerta sobre a necessidade do alistamento (primeiro título), já que as instituições de ensino superior exigem o documento no ato da matrícula para estudantes a partir de 18 anos de idade.

O aviso também é direcionado aos candidatos que estejam com a situação irregular perante à Justiça Eleitoral.

O impedimento de renovar ou fazer matrícula, em função da não apresentação do título de eleitor, vale para qualquer estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Apesar de o voto não ser obrigatório para menores de 18 anos, o TRE ressalta que o alistamento pode ser feito por jovens a partir de 15 anos de idade, desde que completem 16 até o final de 2022.

Além disso, caso atinjam esta faixa etária até o dia das Eleições 2022, ou seja, 02 de outubro, já podem exercer o voto.

O Ministério da Educação (MEC) também divulgou as datas das inscrições para o primeiro semestre de 2022 dos processos seletivos voltados ao Ensino Superior. No caso do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o prazo vai de 15 a 18 de fevereiro, enquanto o Programa Universidade para Todos (Prouni) recebe inscrição de 22 a 25 de fevereiro e para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o período será de 8 a 11 de março.

Fechamento do cadastro eleitoral

O prazo final, tanto para tirar a primeira via do título quanto para regularizar o documento, é o dia 4 de maio de 2022. Por ser ano eleitoral, o cadastro é fechado a partir desta data, para que o pleito seja organizado. Estes serviços podem ser feitos por meio do TítuloNet, uma ferramenta online disponível no site do TRE, que consiste no preenchimento de um requerimento conforme a necessidade do eleitor.

O atendimento está sendo feito exclusivamente de forma virtual, em função de medidas de prevenção à covid-19. Após preencher o requerimento, é necessário aguardar o retorno da Justiça Eleitoral. Dessa forma, é essencial que a solicitação seja feita o quanto antes, evitando congestionamento e garantindo a documentação necessária exigida no ato da matrícula.

O presidente do TRE, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, ressalta a importância da participação no processo eleitoral.

“Fazemos um chamamento aos jovens para que se envolvam e valorizem a democracia, lembrando que as eleições são apenas uma parte deste processo e que precisamos fazer valer nossos direitos enquanto cidadãos, fiscalizando e cobrando aqueles que são eleitos.

Essa conscientização precisa ser adquirida desde cedo, fazer o título eleitoral é o primeiro passo nesse sentido e não é preciso aguardar completar a maioridade para isso”.
 
TRE

Colaborou:  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br    
Site www.brasilintegracao.com.br
feccebook  brasilpolicial@gmail.com
Em breve TVbrasilintegracaoWEB




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil