0

Fundado aos 12 de janeiro de 1970; Pelo Jorn Narciso Honório Silveira

Cidadão Repórter

(66)984060008
Cuiabá(MT), Sábado, 16 de Janeiro de 2021 - 21:44
27/11/2020 as 18:05 | Por Redação Bem Paraná | 48
Megaoperação das polícias do Paraná começa com prisões e prejuízo de R$ 1 milhão
Aeronaves, embarcações, viaturas e motos estarão por todos os municípios promovendo patrulhamento, abordagens e fiscalizações em todo o Estado
Fotografo: Foto: Soldado Adilson Voinaski Afonso
Sem Legenda

A megaoperação Sinergia foi lançada em todo o Paraná nesta quinta com foco na prevenção de crimes. A iniciativa é uma ação integrada Polícia Militar, Polícia Civil, Receita Estadual e Guardas Municipais, além da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal.

Aeronaves, embarcações, viaturas e motos estarão por todos os municípios promovendo patrulhamento, abordagens e fiscalizações em todo o Estado.

Em Curitiba, a capital paranaense, o lançamento ocorreu no Parque Barigui, simultaneamente nas principais cidades do estado.

Até às 18 horas, as ações no estado resultaram em 43 pessoas detidas, cinco adolescentes apreendidos e 20 Termos Circunstanciados lavrados. Também foram retiradas de circulação 54 quilos de maconha, duas armas de fogo.

Na cidade de Toledo, uma ação do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) resultou na apreensão de um caminhão com 400 caixas de cigarros contrabandeados, causando um prejuízo de R$ 1 milhão aos contrabandistas.

Durante a operação, todo o efetivo disponível dos serviços operacionais e administrativo será empregado na operação Sinergia.

“É uma grande operação que vai envolver todas as forças de segurança do Paraná de forma integrada, além das forças municipais e estaduais.

Serão mais de quatro mil policiais distribuídos em todo o Paraná, isso porque a gente visa trazer a segurança à população”, declarou o secretário da Segurança Pública do Paraná, coronel Romulo Marinho Soares.

Pela Polícia Militar, os seis Comandos Regionais do estado atuarão nas ruas e rodoviárias, centros urbanos e áreas rurais, priorizando os locais com maior tráfego de veículos e circulação de pessoas.

Na faixa de fronteira, os trabalhos reúnem equipes especializadas, cães de faro e uma aeronave.

“As rodovias também serão bloqueadas pela Polícias Rodoviária Federal e Rodoviária Estadual. A nossa intenção é o aumento da sensação de segurança à população e proporcionar maior proximidade com a sociedade.

Com isso, buscamos uma redução ainda maior dos crimes”, explicou o Subcomandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Hudson Leôncio Teixeira.

A PM também estará com equipes nos rios, baías e lagos do estado, por meio de patrulhamento aquático do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV).

Os mais de 12 mil quilômetros de estradas estaduais contarão com reforços do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), juntamente com equipes do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC).

No ar, o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) prestará apoio às unidades de área da PM, para auxiliar no radiopatrulhamento, busca e outras situações.

O Batalhão de Operações Especiais (BOPE) distribuirá efetivos em todas as regiões do estado. A farda camuflada da unidade estará nas ruas por meio da Companhia de Choque e da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE).

A Companhia de Comandos e Operações Especiais (COE) fará um trabalho conjunto com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) na divisa com o Paraguai e com a Argentina.

Cães de faro de drogas serão aplicados em pontos estratégicos onde há circulação de drogas e outros materiais ilícitos, além de equipes em terminais rodoviários e Postos Rodoviários para vistoria a veículos de transporte, como ônibus interestaduais.

Todos os locais que receberão ações ostensivas da PM foram apontados por meio de uma análise de sistemas internos de acionamentos de emergência e de registro de Boletins de Ocorrência.

As Guardas Municipais das demais cidades do Paraná e Receita Estadual, bem como das equipes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal, também empenharão estratégias e efetivos na megaoperação Sinergia.

Fonte: Redação Bem Paraná

Jornalista:  Astrogildo Nunes – astrogildonunes56@gmail.com
Municípios da Grande Baixada Cuiabana.
E.mail . Jornal.int@gmail.com.br    
Site www.brasilintegracao.com.br
Site brasilpolicial@gmail.com




Notícias Relacionadas





Entrar na Rede SBC Brasil